Cuidar do Jardim

No Planalto chove chuva, em mim chovem sonhos de futuro. O momento de reflexão me pede isolamento, e a virada do ano me pede abertura.

Novos tempos me chamam novas práticas, e a jardinagem salta por minhas mãos. A mente ainda se esforça, mas as palavras Goethe lavraram boa parte do solo que sou. Estou mais fértil.

Quero cuidar do jardim de todos, e meu jardim quer ser cuidado. É no meu jardim que está o meu reencontro com a vida, sem intermediários, e o inevitável reencontro comigo mesmo.

Meu jardim é dentro e fora: tem vida própria e torna-se jardim através de mim. Me habita e nele habito, somos um e somos infinitos.

A vida é mais cheia de possíveis aqui no meu jardim!

Anúncios

One response to “Cuidar do Jardim

  1. Oi Edu,
    Lendo o texto do Ruben Alves entendi o seu chamado. Que maravilha, hein? Fico encantada com esse mundo de possibilidades que você anuncia. Por já exalar perfumes e cores, sua força futura está assegurada, pois só o presente garante o futuro, não é?
    Acho que todos podemos cuidar dos nossos recíprocos jardins. O daqui de São Paulo, na minha casa, tem mangas, bananas e romãs. Não é usual por aqui mas, ainda assim, é um jardim intra muros. Já vejo quanto trabalho falta para ir para fora! Vamos trabalhando!!!???!!!
    Um beijo
    Rita

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s